APRESENTAÇÃO

Sobre o curso de Química da UFPR

O Curso de Química da UFPR foi implantado em 1938, tendo completado, portanto, 70 anos, tornando-o um dos mais antigos em funcionamento no Brasil.
A periodização recomendada para o Curso é de 4 (quatro) anos para uma única habilitação (Bacharelado ou Licenciatura), em período integral (manhã e tarde) e 5 (cinco) anos se o estudante optar por cursar simultaneamente as duas habilitações em período integral (manhã e tarde).
Em termos curriculares, as modalidades de Bacharelado e de Licenciatura possuem, atualmente, um núcleo essencial composto por disciplinas básicas e outro específico, o que permite ao aluno optar também por cursar primeiro uma modalidade e depois a outra, se houver interesse de ampliar a sua formação e perspectivas profissionais.
Na UFPR, a diferença entre as duas modalidades é que no Bacharelado o aluno deve cursar, além do núcleo essencial, um conjunto de conteúdos de natureza tecnológica e cumprir um estágio obrigatório em área de atuação do Químico, enquanto na Licenciatura o conjunto de conteúdos do núcleo específico está centrado em matérias de fundamentação pedagógica e o estágio a ser cumprido é o de prática de ensino.
As matérias de núcleo essencial compreendem disciplinas teóricas e práticas de Química Geral e outras áreas como Química Analítica, Química Inorgânica, Química Orgânica e a Físico-Química. Além de de disciplinas de Física, Matemática, Bioquímica, Mineralogia, Química Ambiental, dentre
outras.
Durante o curso de Química, que é gratuito, o aluno tem uma série de oportunidades para ampliar seus conhecimentos desenvolvendo atividades diferenciadas de pesquisa, ensino e extensão, dentro do núcleo flexível denominado de Atividades Extra-Curriculares do curso.
Algumas destas atividades constituem programas oficiais que dispõem de bolsas para estudantes de graduação, permitindo assim aos mesmos um suporte financeiro durante o período de estudos.
O curso de química da UFPR (bacharelado e licenciatura) foi criado em 26 de fevereiro de 1938, com a fundação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras do Paraná, instituição incorporada à, então, Universidade do Paraná em 01.04.1946 pelo Decreto-Lei nº 9.323 de 06.06.1946. Ele foi
reconhecido pelo Decreto Federal nº 5.756 de 04 de junho de 1940.

De olho na profissão

O objetivo do Curso de Química da UFPR é formar o Químico (Bacharel ou Licenciado) com percepção crítica da realidade e situado dentro do seu perfil profissional, capacitando-o, conforme a habilitação, para:

  • Elaborar pesquisas básicas e de desenvolvimento de métodos, produtos e aplicações em sua área de atuação;
  • Planejar, supervisionar e realizar estudos de caracterização de sistemas de análise;
  • Realizar análises químicas, físico-químicas, químico-biológicas e bromatológicas;
  • Exercer, planejar e gerenciar o controle químico da qualidade de matérias primas e produtos;
  • Atuar na área de controle ambiental de poluentes ou rejeitos industriais;
  • Realizar estudos de viabilidade técnica e técnico-econômica no campo da química;
  • Planejar a instalação de laboratórios químicos, especificando e supervisionando a instalação de equipamentos;
  • Realizar o controle de operações ou processos químicos no âmbito de suas atribuições profissionais;
  • Exercer atividades de direção supervisão, responsabilidade técnica, assistência técnica, consultoria, assessoria, perícia no âmbito das atribuições do químico;
  • Exercer as atribuições em atividades de vendas, marketing, segurança, administração pública e outras nas quais o conhecimento da química seja relevante;
  • Atuar em equipes multidisciplinares destinadas a planejar, coordenar, executar ou avaliar atividades relacionadas com a química ou áreas afins;
  • Atuar no magistério, em especial no ensino fundamental, de acordo com a legislação específica.

O Químico deve ser um profissional com formação generalista, mas sólida e abrangente dos conteúdos da Química em todos suas áreas de atuação, e com domínio das técnicas básicas de manuseio de equipamentos e conhecimento laboratorial, e em com condições de atuar em todos os campos de atividades de envolvam transformação da matéria, controle de produtos, interpretação de efeitos e resultados de processos químicos.
Outro grande campo de atuação profissional está relacionado à educação, cuja demanda por profissionais qualificados, Licenciados em Química, está muito longe de ser satisfeita no Brasil. Este setor encontra-se em ampla expansão, não só na área da educação fundamental e superior, mas também na educação continuada visando a atualização dos profissionais já formados.

Regulamentação

As atividades dos licenciados no ensino básico são norteadas pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996). Elas são supervisionadas pelo Ministério da Educação e no caso do Estado do Paraná, pela Secretaria de Estado da Educação.

A Lei nº 2.800, de 18/06/1956, regulamentada pelo Decreto nº 85.877, de 1981, estabelece as atividades privativas e também aquelas de âmbito não privativas do Químico. As atividades profissionais do Químico são fiscalizadas pelo sistema Conselho Federal de Química e Conselhos Regionais de Química (CFQ / CRQs). No Paraná, o responsável é o Conselho Regional de Química da IX Região.

Credenciamento no sistema CFQ/conselhos regionais

O curso de Bacharelado e Licenciatura em Química da UFPR encontra-se credenciado junto ao Conselho Federal de Química, conforme despacho de 24/07/2008 no processo CFQ nº 13.833/08 que determinou “…que as Estruturas Curriculares dos CURSOS SUPERIORES DE BACHARELADO E LICENCIATURA EM QUÍMICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ, atendem as exigências estabelecidas pela Resolução Ordinária nº 1.511/75 e a Resolução Normativa nº 36/74 do Conselho Federal de Química, podendo seus egressos se registrarem em Conselhos Regionais de Química e receberem atribuições profissionais correspondentes, após análise individual, por parte do Conselho Federal de Química, do currículo efetivamente cumprido pelos egressos dos referidos cursos.

Despacho do CFQ (pdf)

Coordenação do curso de Química

A atual coordenação do Curso de Química, eleita pelo colégio eleitoral formado por todos os estudantes do curso e professores do Departamento de Química, para um mandato de dois anos, está assim constituída: