Possuir uma piscina requer uma série de cuidados. A qualidade da água utilizada é um importante fator de saúde, pois uma água inadequada pode trazer desde problemas de pele até alguns tipos de infecção.
Além disso, existem normas sanitárias, como a NBR 10818 (NB1219) de 01/2016, que regulamentam alguns parâmetros, e determinam também a frequência com a qual a água de uma piscina deve ser analisada, e a troca do filtro.
Um dos sinais de que a água de sua piscina pode não estar adequada é a presença de cor, turbidez, ou cheiro diferentes do normal. Porém, muitos outros fatores, que não podem ser vistos a olho nu, podem alterar a qualidade da água, como Sólidos dissolvidos, pH, Ferro, Cloreto, Dióxido de cloro, Cloro residual combinado e Cloro residual livre, além da presença de alguns microrganismos, como Coliformes totais, Escherichia coli e Bactérias heterotróficas.
O filtro, por si só, não limpa completamente a água, pois ele retém apenas as partículas maiores. Particulados menores acabam passando e retornando para a piscina. Assim, se fazem necessárias análises frequentes da água da piscina, para verificar a possível presença de particulados indesejados, e, se necessário, corrigir os problemas.
A Isomeria – Soluções em Química pode te ajudar a melhorar a qualidade da água da sua piscina! Entre em contato conosco e peça seu orçamento!
Scroll to top